fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

transporte

- 19-06-2013 - 20h11min
fechar

Função temporariamente desabilitada para ajustes.

fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Noiva do Mar informa que horários dos ônibus serão mantidos

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar
Foto: Fabio Dutra/JA

De acordo com o gerente administrativo da Viação Noiva do Mar, Osvaldo Silva, informações sobre a alteração no horário dos ônibus, em função do protesto marcado para o fim da tarde de hoje, 20, não passam de boatos. "Serão mantidos os horários normais dos ônibus", ressaltou. Ainda sobre o protesto, que visa a reduzir o valor das passagens do transporte público, entre outras reivindicações, Silva disse que as manifestações são legítimas, uma vez que vivemos em um estado democrático. "Não somos contra reivindicações, protestos, isso faz parte, o que nós não concordamos é com a desinformação", alegou, já que o site da empresa www.noivadomar.com.br foi invadido por um hacker na manhã desta quarta, 19.

 

Invasão do site

Silva informou que por volta das 12h desta quarta, percebeu que alguém havia alterado informações no site da Viação Noiva do Mar. "Colocaram no nosso site informações que não condizem com a realidade, além de frases agressivas", contou. Ele disse ainda que as alterações no site causaram prejuízos aos usuários do transporte que possam ter acessado a página web, pela manhã, para consultar horários dos ônibus. "Não podemos concordar com isso, tem que ser respeitado as pessoas, usuários e funcionários. Num estado democrático tudo é válido, mas a invasão não, isso só serviu para confundir as pessoas", afirmou.

No momento em que percebeu-se as alterações, Silva disse que foi acionada a empresa responsável pelo site que, de imediato, tirou a página do ar. Após, ainda no começo da tarde, o gerente administrativo da empresa foi até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) registrar ocorrência policial. Ele também disse que uma empresa foi contratada para identificar de onde teria partido a invasão no site, "Os dados da investigação serão repassados às autoridades policiais para que sejam tomadas as medidas cabíveis", afirmou Silva, "invasão de site é crime, isso deverá gerar um processo criminal", completou. Por fim, disse acreditar que a invasão não tenha partido de pessoas que estejam na organização do movimento, já que essas pessoas estão em exercício da democracia, não da desinformação.

Por Tatiane Fernandes
tati@jornalagora.com.br


comente Comentários(34)

Participe


Sua opinião Agora

Qual das posições abaixo mais se aproximam de sua opinião em relação a uma eventual revisão da Lei de Anistia?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados