fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

Segurança

- 16-09-2011 - 20h50min
fechar

Função temporariamente desabilitada para ajustes.

fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Operação Ágata 2 reforça ação nas fronteiras Sul e Centro-Oeste

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar

Galeria de fotos

Foto: Fábio Dutra

O comandante do 5º DN, vice-almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos falou sobre a operação em coletiva à imprensa

  • O comandante do 5º DN, vice-almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos falou sobre a operação em coletiva à imprensa Navio Parnaíba faz parte das ações ostensivas de controle na calha fluvial e na área marítima

Foto: Fábio Dutra

Operação Ágata 2 reforça ação nas fronteiras Sul e Centro-Oeste

O comandante do 5º DN, vice-almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos falou sobre a operação em coletiva à imprensa

Teve início, sexta-feira, a fase de ações ostensivas da Operação Ágata 2, que está sendo realizada nas fronteiras Sul e Centro-Oeste do País, objetivando contribuir com a redução das ações do crime organizado. Essa operação faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras, iniciativa instituída por decreto presidencial, que estabeleceu, pela primeira vez, uma coordenação conjunta e consensual para atuar em pontos estratégicos dos mais de 16 mil quilômetros de fronteiras brasileiras. Trata-se de uma operação conjunta entre os Ministérios da Defesa e da Justiça, que inclui também outras instituições e Ministérios.

Em coletiva à imprensa na tarde de hoje, 16,, o comandante da Força Naval Componente, vice-almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos, comandante do 5º Distrito Naval, fez uma apresentação sobre a operação. Ele lembrou que em agosto foi realizada a Ágata 1, na região Amazônica, para prevenir e reprimir ilícitos transnacionais nessa área. Agora, a ação abrange 3.515 quilômetros nos limites com Paraguai, Argentina e Uruguai. "Os três países foram avisados previamente do deslocamento de Forças nesta área", observou. A área de ação está situada entre o Arroio Chuí e a confluência do Rio Negro com o Rio Paraguai.

Durante a Ágata 2, estão sendo desenvolvidas ações de interdição de pistas de pouso irregulares e atracadouros clandestinos, patrulha naval, inspeções e revistas (em pessoas, embarcações, aeronaves e instalações), controle de calha fluvial e de área marítima, bloqueio e controle de estradas, interceptação de aeronaves suspeitas. Também são realizadas Ações Cívico Sociais (Acisos), que consistem na oferta de atendimento às populações carentes, e assistência hospitalar.

A operação baseia-se no aumento da presença e do impacto das forças envolvidas em pontos focais da faixa de fronteira, com o propósito de reduzir os delitos transfronteiriços nas regiões Sul e Centro-Oeste. Entre os crimes fronteiriços mais comuns, estão o tráfico de drogas, armas e ilícitos ambientais e fiscais, como o contrabando e o descaminho. Conforme o vice-almirante, estão mobilizados em torno de 7 mil militares, dos quais 6 mil são do Exército, 600 da Marinha e 400 da Aeronáutica.

A fase de ações ostensivas da Ágata 2 começou ontem, mas a operação iniciou-se em torno de uma semana antes com o deslocamento de efetivo e meios para os locais de atividade, mais ações de inteligência (como levantamento de dados). E de acordo com Sergio Fernandes dos Santos, não tem data para terminar.

Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br


comente Comentários(3)

Participe


Sua opinião Agora

Qual das posições abaixo mais se aproximam de sua opinião em relação a uma eventual revisão da Lei de Anistia?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados