fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

Manifestação

- 24-07-2012 - 20h15min
fechar

Função temporariamente desabilitada para ajustes.

fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Sindicam não participará do protesto do Movimento União Brasil Caminhoneiro

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar
Foto: Fabio Dutra

Sindicato quer evitar que ocorram piquetes na BR-392

Foto: Fabio Dutra

Sindicam não participará do protesto do Movimento União Brasil Caminhoneiro

Sindicato quer evitar que ocorram piquetes na BR-392

Os caminhoneiros autônomos ligados ao Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC) anunciaram que estarão em protesto nas estradas a partir da zero hora desta quarta-feira. A intenção é mobilizar 180 mil motoristas em rodovias gaúchas. Os motoristas associados ao Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens do Rio Grande (Sindicam) não participarão da manifestação.

Conforme o presidente do Sindicam, Paulo Quaresma, a Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Fecam) não participa dessa ação do MUBC e o sindicato do Rio Grande também não. Ele afirma que na BR-392 entre Rio Grande e Pelotas não haverá piquetes, pois o Sindicam estará no trecho para fiscalizar e evitar que isso ocorra.

O protesto do Movimento União Brasil Caminhoneiro objetiva pressionar a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a atender sua pauta de reivindicações, composta de oito itens, incluindo autonomia nos fretes.

Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br


comente Comentários(12)

Participe


Sua opinião Agora

Qual das posições abaixo mais se aproximam de sua opinião em relação a uma eventual revisão da Lei de Anistia?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados